Por que todos nós podemos ter vocação para a sustentabilidade?

Onde você estava na Rio 92? Quem era jovem no início dos anos 90 deve se lembrar de acompanhar um grande fluxo de notícias sobre o encontro pela TV. Se ainda era criança, provavelmente participou de algum concurso de redação ou de desenhos sobre ecologia, promovido pela escola ou por alguma marca de produtos infantis da época. A cultura indígena, a fauna e a flora brasileira devem ter chegado a você. Se hoje você tem alguma relação mais próxima com a sustentabilidade, é bem provável que, naquela época, a pauta ecológica tenha lhe feito brilhar os olhos.

Em 2012, ano de realização da Rio+20, duas décadas nos separavam dessa memória juvenil. Durante os densos debates sustentados na Conferência das Partes que celebrava 20 anos da realização da Rio 92, entre aqueles que transitavam em um dos inúmeros eventos paralelos aqui no Rio de Janeiro, algo era consenso: grandes conferências são uma oportunidade imperdível de tocar na alma das pessoas e conduzir a opinião pública para a causa socioambiental.

Leia o artigo na íntegra, publicado na coluna Inovação e Sociedade, na Veja Rio.

*Julia Zardo é gerente de Ambientes de Inovação da Firjan. Carolina Zoccoli, especialista em sustentabilidade na Firjan e doutoranda em Políticas Públicas no Instituto de Economia da UFRJ.

Via Casa Firjan

Deixe seu comentário aqui!